SERTÃ – Bloco de Esquerda apresentou candidatos às próximas autárquicas

E as ideias principais para o concelho.

SERTÃ – Bloco de Esquerda apresentou candidatos às próximas autárquicas

O Bloco de Esquerda do concelho da Sertã realizou a apresentação pública dos candidatos às próximas eleições autárquicas de 26 de setembro. Este ano o partido apresenta candidatos à câmara municipal, assembleia municipal e juntas de freguesia do Carvalhal e Pedrogão Pequeno.
António Manuel Coelho encabeça a lista à câmara porque, como disse, quer dizer “basta” à falta de desenvolvimento do concelho. “O concelho não evolui há anos”, está sem “perspetivas de futuro para os jovens, sem emprego para as famílias”, disse, referindo-se igualmente às estradas, as quais “estão em condições miseráveis”, definiu. O candidato referia-se à EN2 e à EN238 que, entre outros pormenores, “estão uma vergonha, bastante degradadas, sem passadeiras, com buracos e falta de sinalização”, ilustrou.
O respeito pelo ambiente e pelas boas práticas sociais, tornando o concelho num exemplo é outra das bandeiras do BE que não esquece a educação de qualidade e as boas condições de saúde, sem as quais não se consegue fixar pessoas. António Manuel Coelho considerou importante a “criação de mais postos de trabalho para que os jovens não tenham que abandonar o seu concelho em busca de oportunidades” e prometeu lutar para que “a Sertã tenha uma escola superior do Politécnico de Castelo Branco, tal como era para ser há alguns anos, mas a ideia foi rejeitada pelos nossos autarcas”, disse. Quanto à saúde, referiu que “não corresponde às necessidades dos utentes, sendo os mesmos, tantas vezes, reencaminhados para outros locais como Coimbra ou Castelo Branco, correndo o risco de não serem atendidos nem durante a viagem", observou, atestando que "precisamos de um centro de saúde em pleno funcionamento”.

O candidato disse ainda que lutará para baixar as tarifas da água, por mais segurança, mais turismo e cuidado com o ambiente.
A apadrinhar esta candidatura está José Gusmão, Eurodeputado do BE que lembrou que, apesar de não ter eleitos no concelho sertaginense, o bloco já conseguiu algumas conquistas para o mesmo, nomeadamente, e no que à EN238 diz respeito, “a iniciativa política singular que foi juntar duas autarquias à mesma mesa para fazerem uma declaração conjunta, que depois os eleitos locais, deste lado da ligação, não souberam dar qualquer tipo de seguimento ou resposta”. O Eurodeputado lembrou ainda que o “Bloco denunciou a situação atual do centro de saúde que tem um aparelho de RX que não é utilizado”.
Além de António Coelho, candidato à câmara, o BE apresenta Nuno Costa como candidato à Assembleia Municipal, André Fernandes como cabeça de lista à Junta de Freguesia do Carvalhal e António Costa à Junta de Freguesia de Pedrógão Pequeno.

Partilhar: