SERTÃ: Câmara homenageou António Freitas Lopes

Esta e outras iniciativas marcaram Dia do Município deste ano

SERTÃ: Câmara homenageou António Freitas Lopes

No âmbito do Dia do Município da Sertã, que ontem se assinalou, decorreram várias iniciativas comemorativas, entre as quais a inauguração da exposição de fotografia de Olímpio Craveiro, denominada “Era uma vez a Sertã”, através da qual “podemos comparar o que era a Sertã no século passado e o que é hoje e podemos depois definir o que queremos para a Sertã nos próximos tempos e até no próximo século”, definiu José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã.
Refira-se que Olímpio Craveiro era um dos decanos da fotografia do concelho, tendo aprendido a arte com Carlos Relvas que aqui vinha passar férias no ano de 1913.
Após este momento seguiu-se a tradicional deposição da coroa de flores na estátua de D. Nuno Álvares Pereira, em Cernache do Bonjardim e a cerimónia de atribuição do nome António Freitas Lopes às piscinas municipais de Cernache do Bonjardim. Uma homenagem que, como disse Filomena Bernardo peca por tardia e “é tão pouco para o muito que este deu a Cernache”. A autarca recordou que a ele se deve “o desenvolvimento da primeira urbanização desta vila, a cedência do terreno para a construção destas piscinas”, agradecendo ao presidente da câmara “por ter acedido ao pedido do executivo da junta em homenagear quem, há muito, deveria ter sido homenageado”. Por motivos de saúde o homenageado não marcou presença neste ato mas, desejou Filomena Bernardo, “ainda verá pessoalmente esta placa que será vista por muitas gerações e saberão que António Freitas Lopes foi um grande homem, que contribuiu para o desenvolvimento da nossa vila, com humanidade e dignidade”.
O carácter benemérito deste homem foi realçado por José Farinha Nunes quando disse que, através deste ato, “estamos a reconhecer as pessoas que são benfeitoras e que oferecem uma parte do seu património (três lotes de uma urbanização) à comunidade”. Além disso, “ainda construiu, a custas próprias, os dois tanques que ainda hoje aqui estão construídos”, deu o terreno para a construção do Quartel da GNR e para a extensão de saúde de Cernache do Bonjardim, lembrou o autarca.
Durante a tarde o executivo passou por algumas obras integradas no Plano de Ação de Regeneração Urbana da Sertã, nomeadamente as intervenções na Rua 5 de outubro, na Praça da República e ruas adjacentes bem como nas obras do Mercado Municipal da Sertã.
José Farinha Nunes recordou que, apesar de estar satisfeito com estas obras, ainda ficam por fazer algumas, como sendo, e apesar de estar tudo pronto para que possam avançar, “a remodelação do Mercado Municipal de Cernache do Bonjardim”, exemplificou.
Estas comemorações terminaram com um concerto na Alameda Carvalha que contou com a participação de Marco Figueiredo, Paloma Del Pillar, Grupo Coral do Sertanense e Orquestra e que revisitou as canções que fizeram a história de Portugal no Festival da Canção.

Artigos Relacionados

Partilhar: