SERTÃ: CLDS 4G apoia nas candidaturas ao “Vale Eficiência”

Apoio centra-se na triagem dos candidatos e apoio a estes no preenchimento dos formulários a submeter no portal Fundo Ambiental.

SERTÃ: CLDS 4G apoia nas candidaturas ao “Vale Eficiência”

Sob o Lema “Habitação Digna Para Todos”, o CLDS 4G Sertã Envolve está a divulgar o programa governamental “Vale Eficiência” e a prestar apoio aos cidadãos que pretendam candidatar-se ao referido programa.
Recorde-se que a primeira fase arrancou em agosto e termina a 31 de dezembro com a entrega dos primeiros 20 mil vales. Podem candidatar-se os titulares de contratos de eletricidade que sejam beneficiários da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), proprietários e residentes na habitação permanente para a qual se candidata. Os participantes não necessitam de adiantar dinheiro do seu bolso sendo que quando receberem o “vale”, basta entregá-lo ao empreiteiro, que consta da listagem oficial. Será ele que faz as obras e recebe o dinheiro diretamente do Fundo Ambiental, explica o CLDS 4G Sertã Envolve, numa nota enviada à comunicação social.
O direito à tarifa social de energia é automático, basta que as pessoas preencham requisitos como complemento solidário para idosos; rendimento social de inserção; subsídio social de desemprego; abono de família; pensão social de invalidez; pensão social de velhice ou se o rendimento total anual do agregado familiar for igual ou inferior a 5 808 euros, com algumas condições específicas.
Neste âmbito, o CLDS 4G através do seu Espaço Móvel, irá apoiar as juntas e uniões de freguesia, aderentes, na triagem dos candidatos e apoio a estes no preenchimento dos formulários a submeter no portal Fundo Ambiental. Poderá fazer a consulta da calendarização na página do Facebook do CLDS 4G Sertã Envolve ou junto da sua junta/união de freguesia aderente a partir do dia 10 do corrente mês.
O objetivo primordial do CLDS 4G Sertã Envolve é apoiar as pessoas mais vulneráveis, em situação de pobreza e/ou exclusão social, do concelho da Sertã, contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa e solidária, garantindo o acesso destes cidadãos a uma vida digna, baseada no respeito pelos Direitos Humanos e no exercício pleno de uma cidadania informada, participada e inclusiva.
Milhares de casas necessitam de obras para melhorar a sua eficiência energética ou simplesmente o conforto térmico, digno, para nela se morar. Muitas pessoas passam frio ou calor porque não têm dinheiro para mudar portas e janelas, por onde entra o frio, a chuva ou que se tornam insuportáveis no verão.
Este programa do “Vale Eficiência” enquadra-se no Plano de Recuperação e Resiliência, num conjunto de medidas que visam combater a pobreza energética e reforçar a renovação do edificado nacional, possibilitando o aumento do desempenho energético e ambiental dos edifícios, do conforto térmico e das condições de habitabilidade, saúde e bem-estar das famílias, contribuindo para a redução da fatura energética e da pegada ecológica. Este programa tem uma dotação total prevista de 162 milhões de euros, sendo a meta chegar a 100 mil famílias economicamente vulneráveis até 2025, com a entrega de vales de 1.600,00 € (IVA incluído) para substituição ou aquisição de equipamentos e soluções energeticamente eficientes.
O Programa CLDS 4G é cofinanciado pelo POISE, Portugal 2020 e Fundo Social Europeu.

Partilhar: