SERTÃ: Consultas de saúde oral estão para breve

ULSCB apostada em resolver os problemas da saúde no concelho.

 SERTÃ: Consultas de saúde oral estão para breve

Depois de resolvida a questão da avaria do aparelho de Raios X (RX) no Centro de Saúde da Sertã, existem ainda outras valências com carência de resolução, como é o caso da saúde oral. Em entrevista à Rádio Condestável, o presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco (ULSCB), José Nunes, deixou a garantia que “vamos iniciar as consultas nas próximas duas semanas, uma vez que tudo o que estava em falta já está resolvido”.
José Nunes deixou ainda a vontade de “alargar as valências clínicas na Sertã”, nomeadamente a concretização de um posto de colheita de análises. Questionado sobre prazos, disse que “o processo está incluído nos planos de investimento da saúde” e que “estará para breve” a sua concretização, visto que “nos próximos dias vamos iniciar o processo de localização e a seleção e aquisição do equipamento necessário para a realização das análises”, explicou.
No que respeita à falta de médicos, José Nunes garantiu que “é uma das questões que preocupa o Conselho de Administração”, entidade que “quando tomou posse sinalizou os cuidados de saúde primários como sendo uma preocupação porque queremos aproximar a saúde das pessoas e só o podemos fazer com os médicos”, relembrou. Ciente de que o problema é nacional, a ULSCB está “a analisar os centros de saúde onde há carência de médicos”, em particular em Oleiros e na Sertã, onde “temos prestadores de serviços para poderem realizar os cuidados de saúde”, disse, prometendo que “vamos estar atentos e fazer tudo para que não haja falta de atendimento aos nossos utentes”.
Atendendo ao interesse da ULSCB em que os centros de saúde da sua área de abrangência tenham uma especial atenção para com esses utentes, irá alargar diversas valências clínicas, como sendo as análises, fisioterapia, psicologia, nutrição e saúde mental e nefrologia, “para que os utentes tenham uma saúde de mais proximidade”, complementou.

Artigos Relacionados

Partilhar: