SERTÃ: “Corações aos Milhões” distinguido no Brasil

Livro de autora conquista selo “Seleção" da Cátedra Unesco – Brasil.

SERTÃ: “Corações aos Milhões” distinguido no Brasil

O livro da escritora sertaginense Joana M. Lopes denominado “Corações aos Milhões” foi nomeado para fazer parte da Cátedra Unesco no Brasil, uma distinção que se assemelha ao Plano Nacional de Leitura em Portugal, explicou à Rádio Condestável a autora que acredita que, com esta projeção no nosso país irmão, se podem abrir outras portas ao mundo. “Se o livro teve este reconhecimento no Brasil, pode ser que outras editoras também comecem a prestar atenção ao meu trabalho e que se abram outras portas”, concordou.
Como revela em “Corações aos Milhões”, esta distinção será tanto melhor, quantos mais corações puder atingir, seja de crianças, seja de adultos.
A história fala de muitos corações diferentes existentes no mundo. Neste livro “há uma criança que vai tentando descobrir quais são os tipos de corações que existem, de pedra, de manteiga, de poetas, entre outros”, explicou.
No sítio da internet do Instituto Interdisciplinar de Leitura PUC-Rio (iiLer) e da Cátedra Unesco de Leitura pode ler-se que foram recebidas mais de 400 obras e seguindo o seu compromisso de registar o melhor da produção em Literatura Infantil e Juvenil, considerando a pluralidade dessa mesma produção, o livro de Joana M. Lopes recebeu o selo "Seleção".
A escritora tem trabalhado, nos últimos anos, em várias áreas da escrita, tanto para crianças como para adultos.
De referir que a autora vai lançar, no próximo dia 15 mais uma obra para crianças, desta feita intitulada “Quando estou triste / Quando estou feliz”.

Partilhar: