SERTÃ: Município levou cor e brincadeiras às escolas

No Dia Mundial da Criança.

SERTÃ: Município levou cor e brincadeiras às escolas

Assinalou-se no passado día 1 de junho, o Dia Mundial da Criança e o Município da Sertã assinalou esta efeméride levando cor e brincadeiras às escolas do concelho. Como descreve a autarquia sertaginense, “as crianças receberam a visita especial de três palhaços estarolas que, com balões e muitas cores, animaram as salas de aulas e entregaram presentes, balões e doces. Dado o contexto que se vive, esta visita teve ainda mais impacto nas crianças, sendo visíveis as diversas reações e emoções das crianças”, lê-se numa nota enviada à comunicação social.
De recordar que em anos anteriores este dia era assinalado na Alameda da Carvalha, na Sertã mas este ano, tal como no ano passada, tal não foi possível devido ao contexto de pandemia.
Assim, no dia 1 de junho, no total foram entregues cerca de 700 lembranças a crianças do Agrupamento de Escolas da Sertã, Centro Social São Nuno de Santa Maria e Creche O Pinheirinho. A 8 de junho, o Município da Sertã finalizou a entrega de lembranças, desta feita na Escola Básica do Cabeçudo que, a 1 de junho estava encerrada por indicação da Delegada de Saúde Pública. No dia em que a escola retomou a normalidade possível, as crianças receberam a visita dos palhaços estarolas e as lembranças deste dia.
As lembranças entregues consistiram em maletas de pinturas (educação pré-escolar) e quebra-cabeças (primeiro ciclo do ensino básico), acompanhadas por uma carta escrita pelo presidente da câmara, José Farinha Nunes, que desafiava os mais pequenos a enviar para o e-maileducacao@cm-serta.pt fotos ou vídeos a resolverem os quebra-cabeças em família e fotografias de desenhos e pinturas elaborados com as pinturas das maletas. Nas lembranças estava inscrita a frase de Anne Frank “Que maravilhoso é imaginar que os melhores dias das nossas vidas ainda não aconteceram”, com objetivo de passar palavras de esperança num futuro melhor, complementada pela mensagem do Presidente: “Façam o favor de ser felizes”.
De acordo o autarca, “continua a impor-se a prudência numa época tão desafiante para crianças e adultos. Ainda assim, foi possível proporcionar a estes meninos e meninas momentos de grande alegria e isso é gratificante!”.
Assinalado pela primeira vez em 1950 pelas Nações Unidas, o Dia Mundial da Criança pretende chamar à atenção para diversos problemas com que se deparavam as crianças, sendo-lhes reconhecido direitos aos afetos, amor e compreensão, alimentação adequada, cuidados médicos, educação gratuita e proteção contra todas as formas de exploração, tendo direito a crescer numa clima de paz e fraternidade, independentemente da raça, cor, religião, origem social ou país de origem.

Partilhar: