SERTÃ: Nova aplicação “Descubra” já está disponível

Convite à descoberta deste concelho e de toda a região do Médio Tejo.

SERTÃ: Nova aplicação “Descubra” já está disponível

Está já disponível a aplicação “Descubra” que convida à descoberta da Sertã e dos concelhos do Médio Tejo, a qual reúne a informação relativa a diversos pontos de interesse do concelho sertaginense, produtos endógenos, alojamento, restauração, percursos pedestres e eventos, entre outras informações. Para além da informação relativa ao concelho da Sertã, é possível aceder à oferta global da região do Médio Tejo, explica a câmara da Sertã em nota enviada à comunicação social.
Trata-se de uma ferramenta turística gratuita que congrega na mesma aplicação a principal oferta da região, desde pontos de interesse, alojamento, restauração, principais itinerários, animação, lojas de produtos endógenos, entre outras informações fundamentais de apoio ao turista e aos visitantes da região. A aplicação está disponível na Apple Store e na Play Store, sendo que toda a informação pode também ser visualizada no portal https://portal.descubra.pt/ .
Para José Farinha Nunes, presidente da autarquia sertaginense, “esta nova aplicação constitui mais uma excelente ferramenta de divulgação das potencialidades do concelho da Sertã. Surge na sequência da aposta no turismo que tem sido um dos principais eixos estruturantes da ação do Município da Sertã”, sublinhou o autarca.
No passado já tinha sido lançada uma aplicação Descubra para cada um dos 13 concelhos e para o Médio Tejo. Após um processo de evolução para uma terceira versão, surge a aplicação com um layout mais moderno e apelativo, com novas funcionalidades, que permitirão uma maior interatividade por parte dos utilizadores.
Este projeto é apoiado pela União Europeia no âmbito do Programa Operacional do Centro 2020, tendo como objetivo a divulgação dos recursos patrimoniais da região e a promoção de visitas articuladas no território, através da disponibilização de informação uniformizada e uma oferta de serviços integrados.

Artigos Relacionados

Partilhar: