SERTÃ: Presidente da câmara destaca iniciativas culturais

Vão acontecer em breve e autarca considera que são importantes para o concelho.

SERTÃ: Presidente da câmara destaca iniciativas culturais

Esta manhã, na reunião do executivo municipal da Sertã, o presidente da câmara municipal, Carlos Miranda, chamou a atenção para algumas iniciativas culturais que vão decorrer em breve no concelho. Não retirando a importância a outras (muitas) que habitualmente decorrem no território do concelho, Carlos Miranda chamou a atenção para três que, na sua opinião têm um caráter diferente, como sendo o Video-mapping que vai decorrer este dia 14 de maio, sábado, junto à Igreja Matriz da Sertã às 21:00:

Integrado no projeto Fôlego, do qual o Município sertaginense é parceiro, “Tatuagens são vozes” consiste num desfile de um carro a pedais com som e luz movidas a energia solar sem qualquer tipo de combustão. As alterações climáticas e as encíclicas do Papa são o contexto temático para sensibilizar a população num evento de luz noturno e inédito.
Toda a população é convidada a juntar-se ao video-mapping em movimento, incorporando o cortejo atrás do carro, sendo distribuídas luzes pelos participantes.
Carlos Miranda deu também conta do encontro que vai decorrer, dia 19 de maio com a escritora moçambicana Paulina Chiziane e que, no seu entender é uma oportunidade única para contactar com a última laureada com o Prémio Camões:

Esta presença insere-se na digressão que a escritora vai fazer em Portugal e que inclui somente mais três datas em Lisboa, Oeiras e Aveiro. Paulina Chiziane vai estar presente, durante a tarde, no Agrupamento de Escolas da Sertã para uma sessão com alunos e à noite, a partir das 21:30, o encontro vai decorrer na Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, seguindo-se uma sessão de autógrafos.
Por último chamou a atenção para a realização do Festival do Peixe do Rio que vai decorrer em Cernache do Bonjardim nos dois últimos fins-de-semana do mês de maio, ou seja, de 20 a 22 e de 27 a 29:

A câmara espera que este festival resulte, que seja a primeira de muitas edições e que o peixe do rio possa ser um produto emblemático em Cernache ao longo do ano e que esta região seja conhecida como um destino gastronómico.

Partilhar: