SERTÃ: PS apresentou o candidato à Junta de Freguesia da Sertã

Candidatura é “um desafio magnífico e trabalhoso” – David Monteiro, candidato.

SERTÃ: PS apresentou o candidato à Junta de Freguesia da Sertã

O jardim da Fonte da Boneca recebeu, no passado dia 27 de agosto, a apresentação pública de David Monteiro, candidato do Partido Socialista à Junta de Freguesia da Sertã.
Na ocasião, e como dá conta o candidato em nota enviada à Rádio Condestável, descreveu a sua candidatura como “um desafio magnífico e trabalhoso”, demonstrando que tem “toda a convicção no seu projeto e na sua equipa. Considera que a freguesia da Sertã tem ainda mais potencial e pode ser melhor aproveitada. Tem a convicção de que é preciso criar vantagens, para além daquelas que a freguesia já oferece, e que é preciso saber tirar partido e aproveitar a posição geográfica, os recursos, os próprios sertaginenses e as suas sugestões porque crê que estes também se devem pronunciar e sugerir alterações, como parte integrante e ativa da sociedade”.
David Monteiro afirmou que a Junta de Freguesia da Sertã “não pode aparecer apenas nos momentos de glória, deve estar presente em qualquer circunstância, tem que ser o braço direito e esquerdo dos nossos jovens e idosos, das nossas crianças, dos nossos empresários, dos nossos empregados e empregadores”, lê-se na mesma nota.

No que diz respeito ao turismo, David Monteiro, considera que “há que saber tirar partido da Nacional 2 para que as pessoas que passam queiram parar e ficar por alguns dias. Não podemos ser apenas um ponto de passagem”. O candidato “reforça a ideia de que é necessário um parque de campismo no concelho da Sertã, à semelhança do que já existe nos municípios vizinhos, e que é necessário investir e potenciar o desenvolvimento fluvial, valorizando a ribeira do Amioso, a ribeira da Aldeia da Ribeira, a zona do Maxial, a zona do Outeiro, a ponte da Valada junto à Mougueira, etc. Realçou a importância do património imóvel, imaterial e histórico que nos deveria diferenciar dos demais, mas que se encontra esquecido e desaproveitado”.
Na educação questionou-se se haverá “igualdade de oportunidades no acesso à mesma, se será uma questão de falta de sensibilização junto dos pais ou por dificuldade ao acesso à informação; na área da ação social questionou se não faltará um acompanhamento mais individualizado e que possa apoiar e esclarecer os cidadãos acerca dos seus direitos e deveres”.
Na referida nota David Monteiro diz que pretende “primar pela diferença e acredita que a freguesia da Sertã pode ser uma plataforma de informação, um ponto de apoio e esclarecimento. É necessário criar apoios internos à população, mas também temos que ser capazes de não tornar este processo demasiado burocrático ao ponto de perder o seu interesse e intuito social (…) temos que ser uma porta aberta ao conhecimento de direitos e deveres, de todos, mais ou menos próximos e ir além do expectável”.
Na área da proteção civil, o candidato propõe “a criação de unidades locais de proteção civil e afirma que a prevenção e atuação não passam apenas pelos bombeiros, mas por todos: cidadãos, órgãos políticos locais, bombeiros, câmara municipal…”.

Já no emprego e na economia, o candidato pelo PS, afirma que “todos são importantes agentes e atores socioeconómicos. Sendo que diversos produtores locais não conseguem escoar o produto em excedente” e, por isso, considera que “aquilo que produzimos bem deve ser apoiado e expedido”. Demonstra ainda “total disponibilidade e vontade de trabalhar com todas as associações, IPSS e demais instituições que muitas vezes não reconhecem a existência de apoios específicos para a sua atividade”. Como Junta de Freguesia ambiciona desenvolver o princípio básico de apoio ao cidadão.
David Monteiro, que apresentou também os elementos da lista à Junta de Freguesia da Sertã, afirma que não são e não serão passivos, impávidos e serenos, “somos jovens, extremamente competentes, dinâmicos e empreendedores e isso reflete-se no currículo individual de cada um”.
O candidato tem 39 anos e reside no concelho há cerca de 24. Casado e pai de dois filhos, começou por estudar no concelho da Sertã onde viria, mais tarde, a trabalhar no ramo da restauração. É bombeiro nos voluntários da Sertã.
Presente nesta ação esteve o candidato à Câmara Municipal da Sertã, Carlos Miranda que agradeceu “à equipa candidata à JF da Sertã pela prontidão e responsabilidade em aceitar este desafio”.

Partilhar: