SERTÃ: Serviço de RX deverá estar operacional daqui a cerca de três semanas

Garantia foi deixada por José Nunes, presidente do Conselho de Administração da ULSCB.

SERTÃ: Serviço de RX deverá estar operacional daqui a cerca de três semanas

O serviço de Raio X (RX) no Centro de Saúde da Sertã (CSS) continua inativo. Esta semana, José Nunes, presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco (ULSCB) admitiu que o RX “é uma preocupação permanente” da ULSCB e que é “um equipamento importante e imprescindível para o CSS”. Uma vez que a avaria está no computador, foi intenção instalar uma máquina com “mais capacidade de armazenamento e que faça a ligação do RX da Sertã com todos os serviços da ULSCB”, ou seja, que “a informação aqui tirada possa ser observável no hospital ou em qualquer outro centro de saúde. Todo este processo tem a sua demora e é isso que está a acontecer”, avançou à Rádio Condestável, à margem da visita do CA à extensão de saúde de Cernache do Bonjardim, na passada segunda-feira.
José Nunes, adiantou que sensivelmente daqui a três semanas “o processo será concluído e irá estar operacional”. O presidente do CA justificou o atraso com o processo concursal pois “se dependesse de nós já estaria resolvido”, disse.
O que também não funciona no CSS é a saúde oral. Há cerca de dois anos que existe gabinete preparado para dar resposta à saúde oral mas o serviço nunca funcionou. Questionado sobre esta matéria, José Nunes esclareceu que “houve um pequeno problema na cadeira quando foi instalada. Depois entrou a pandemia e não se pôde fazer a atividade”, mas agora o problema já está resolvido e “vamos reativar esse serviço”, garantiu, dizendo que “é um serviço que vai entrar na normalidade”. De referir que chegou a ser contratado um especialista e um auxiliar para o respetivo serviço.

Artigos Relacionados

Partilhar: