SERTÃ/Covid-19: Até o vírus se tornar endémico é preciso continuar a ter cuidados

As nuvens negras da pandemia Covid-19 estão agora menos carregadas, deixando entrever alguns raios de esperança. Mas não devemos perder o foco, nem sequer esquecer que este vírus veio para ficar.

SERTÃ/Covid-19: Até o vírus se tornar endémico é preciso continuar a ter cuidados

No programa da Rádio Condestável que conta com o apoio do Município da Sertã, “Todos juntos no combate à pandemia”, o Município sertaginense lembra que, “a permanência do vírus SARS CoV-2 se processará de modo totalmente diferente” e a médio longo prazo este vírus passará de pandémico a endémico, ou seja, “vamos passar a conviver com o coronavírus de forma mais ou menos pacífica, ao abrigo da imunidade de grupo, que a atual vacinação pretende alcançar”.
“Neste momento, o novo coronavírus é uma ameaça significativa por não ser familiar ao nosso sistema imunitário, que ainda não foi treinado para o combater. No entanto, quando toda a gente já tiver sido exposta ao vírus, quer através de contágio, quer através da vacina, o cenário irá alterar-se”, refere a autarquia, explicando que “com as crianças a situação é diferente – por estarem constantemente expostas a vírus que são novos aos seus corpos, têm mais dificuldade em combatê-los”.
Assim, “no horizonte temporal de uma década, a SARS CoV-2 passará, no entanto, a ter um comportamento muito semelhante aos dos outros coronavírus humanos conhecidos, e que, em regra, provocam apenas infeções leves ou assintomáticas, sendo causadoras das habituais constipações. O SARS-CoV-2 sobreviverá na população humana para reinfectar ocasionalmente quem foi infetado ou imunizado anteriormente” e “haverá com certeza novas variantes do SARS-CoV-2, mas não diferentes o suficiente para escapar à resposta imunitária humana ou que possam sobrecarregar o sistema imunitário”, sustenta a edilidade.
Mas até lá, alerta, “há ainda um longo caminho a percorrer e até conseguirmos a tão desejada imunidade de grupo não podemos deixar de estar alerta. Torna-se, pois, necessário continuar a cumprir as medidas sanitárias com absoluto rigor, mantendo o distanciamento social; evitando deslocações desnecessárias; usando máscara; higienizando frequentemente as mãos e mantendo o ar renovado no interior dos espaços fechados”.
A terminar, o Município da Sertã e a Comissão Municipal de Proteção Civil da Sertã garantem que “estarão ao lado de todos nesta luta”.

Artigos Relacionados

Partilhar: