SERTÃ/Covid-19: Concelho não acompanha país no desconfinamento

Devido à elevada incidência de casos de Covid-19.

SERTÃ/Covid-19: Concelho não acompanha país no desconfinamento

Já terminou a reunião do Conselho de Ministros desta quinta-feira, onde o Governo fez uma nova avaliação à situação dos concelhos e determinou que a generalidade do país segue com o desconfinamento, mas há exceções. Deste modo, decidiu manter Lisboa e mais nove concelhos 'recuados' e com regras mais restritivas. Um desses concelhos é o da Sertã.
Especificamente há dez concelhos que não acompanham o país no desconfinamento, devido à elevada incidência de casos de Covid-19, sendo eles Albufeira, Arruda dos Vinhos, Braga, Cascais, Lisboa, Loulé, Odemira, Sertã, Sintra e Sesimbra. Estes concelhos continuam assim em risco pois registaram entre 120 a 240 casos por 100 mil habitantes pela segunda semana consecutiva.
De referir que Braga, Lisboa, Odemira já se encontravam 'recuados' e assim vão continuar.
Destaque ainda para outros 20 concelhos que ficam em alerta, nomeadamente Alcochete, Águeda, Almada, Amadora, Barreiro, Grândola, Lagos, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Sardoal, Seixal, Setúbal, Sines, Sobral de Monte Agraço e Vila Franca de Xira.
A Ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, anunciou ainda que na Área Metropolitana de Lisboa (AML) será ainda "proibido entrar e sair ao fim-de-semana", uma medida que entra em vigor já amanhã, dia 18 de junho. A situação do país está "mais preocupante" do que há uma semana e a manterem-se estes números, "dificilmente" o país poderá avançar para a nova fase de desconfinamento.

Regras mais restritivas para os dez concelhos (incluindo Sertã)

• Teletrabalho mantém-se obrigatório quando as atividades o permitam;
• Restaurantes, cafés e pastelarias podem funcionar até às 22:30 (no interior, com um máximo de seis pessoas por grupo; em esplanada, dez pessoas por grupo);
• Espetáculos culturais até às 22:30;
• Casamentos e batizados com 50% da lotação;
• Comércio a retalho alimentar e não alimentar até às 21:00;
• Permissão de prática de todas as modalidades desportivas, sem público;
• Permissão de prática de atividade física ao ar livre e em ginásios;
• Eventos em exterior com diminuição de lotação, a definir pela Direção -Geral da Saúde (DGS);
• Lojas de Cidadão com atendimento presencial por marcação.

Partilhar: