SERTÃ/Covid-19: Município alerta para burlas e fraudes no processo de vacinação

Há notícias importantes no combate à pandemia Covid-19 que nos devem fazer acreditar num futuro melhor. A vacinação é hoje a arma mais eficaz contra um vírus que paralisou o mundo e que tem deixado atrás de si um rasto de destruição, com milhares de infetados e de mortos e com parte da população em confinamento domiciliário.

SERTÃ/Covid-19: Município alerta para burlas e fraudes no processo de vacinação

Durante largos meses, assistimos com enorme ansiedade ao desenrolar dos avanços relativos à produção de vacinas contra a Covid-19. Pela primeira vez, cientistas de todo o mundo juntaram-se e partilharam conhecimento para conseguir produzir uma vacina eficaz.
Os resultados foram surpreendentes, pois no mês de dezembro de 2020, foram inoculadas as primeiras pessoas com esta vacina. Foi um passo enorme no combate a esta pandemia e uma luz que, ao fundo do túnel, se tornou mais intensa.
Todavia, houve enormes desafios que foi preciso ultrapassar no processo de vacinação. Foi necessário estabelecer critérios, priorizar cidadãos, identificar os mais vulneráveis e, sobretudo, montar um dispositivo que garantisse rápidos resultados. Este esforço permitiu vacinar milhares de pessoas em Portugal até esta semana e nos próximos meses serão ainda mais os que receberão a vacina, dá conta o Município da Sertã no âmbito do programa da Rádio Condestável “Todos juntos no combate à pandemia”.
A autarquia alerta que “é preciso não esquecer que não será vacinada toda a população ao mesmo tempo. A ansiedade que se gerou com a chegada das vacinas deve ser contida. A escassez de vacinas obriga-nos à ponderação e paciência, e não deve levar-nos a tomar decisões precipitadas” e também que “nos últimos dias as forças de segurança têm reforçado os alertas sobre possíveis burlas relacionadas com a vacina. Há queixas sobre a venda de “produtos adulterados” que podem ter efeitos prejudiciais na saúde e que são disponibilizados através da Internet ou de modo presencial por burlões”, por isso a câmara pede à população que “esteja atenta a estas possíveis burlas e alerte imediatamente as forças de segurança caso se depare com alguma situação do género. Importa lembrar que apenas o Serviço Nacional de Saúde (SNS) disponibiliza vacinas contra a Covid-19”.
Além disso, não é possível pedir a marcação da sua vacina para a Covid-19. Terá de aguardar pelo contacto do SNS para esse efeito, esclarece, confirmando que o processo de vacinação decorrerá ao longo do ano de 2021 e toda a população portuguesa terá direito à vacina sem ter de pagar nada por isso.
Os alertas não se esgotam nestas burlas, pois nos últimos dias têm vindo a público uma série de notícias sobre pessoas vacinadas indevidamente e que não pertenciam a qualquer grupo de risco ou de prioritários determinados pelas autoridades de saúde para esta primeira fase da vacinação.

A utilização indevida das vacinas contra a Covid-19 pode constituir conduta disciplinar e criminalmente punível, em face da factualidade concreta que venha a apurar-se em sede de inquérito, relembra o município, deixando claro que “esta situação é um claro desrespeito pela comunidade e para com os que são mais vulneráveis à pandemia e que devem ser vacinados em primeiro lugar. Também aqui os princípios da ética e da cidadania devem falar mais alto”.
A terminar a edilidade sertaginense deixa uma mensagem de confiança pois “acreditamos no sucesso desta campanha de vacinação e no bom senso de todos para seguirem os critérios definidos pelas autoridades de saúde. É preciso recordar que esses critérios são suportados na melhor evidência científica. No concelho da Sertã, o processo de vacinação tem decorrido dentro da normalidade e assim deverá continuar nos próximos meses”.
A Câmara Municipal da Sertã e a Comissão Municipal de Proteção Civil da Sertã estão a trabalhar ativamente com todas as autoridades para que este processo decorra da melhor maneira possível.
“Todos juntos, vamos vencer este combate contra a pandemia”, sublinha-se.
De referir que o “Todos juntos no combate à pandemia" conta com o apoio do município sertaginense.

Artigos Relacionados

Partilhar: