SERTÃ/Covid-19: Vacinação com novas regras a partir do meio do mês

Vacinação passa a ser feita por idades e cada pessoa pode fazer o seu próprio agendamento.

SERTÃ/Covid-19: Vacinação com novas regras a partir do meio do mês

Os resultados da vacinação contra a Covid-19 são hoje mais animadores, embora ainda longe do cenário otimista traçado no início do ano, começa por dizer no programada Rádio Condestável “Todos juntos no combate à pandemia”, o Município da Sertã, dando conta que “neste momento, Portugal já administrou mais de um milhão e meio de vacinas, sendo que 4,67% dos portugueses já receberam as duas doses da vacina. Além disso, a percentagem de idosos com mais de 80 anos, com pelo menos uma dose da vacina inoculada, já é superior a 61%”.
Este percurso teve início em dezembro, quando começámos por vacinar a população mais idosa e aqueles que estavam na linha da frente do combate à pandemia. Depois evoluímos para outros profissionais fundamentais ao funcionamento da sociedade e para cidadãos que devido a patologias graves seria aconselhável também vacinar.
Agora, “a partir de meados de abril, há contudo regras novas, com a vacinação a ser feita por idades, deixando os cidadãos de ser convocados como tem sucedido até ao momento. Ou seja, cada um pode fazer o seu próprio agendamento através do site do Serviço Nacional de Saúde, em sns.gov.pt”, e “dentro das possibilidades existentes, cada um vai poder escolher o dia, a hora e também o local onde irá receber a vacina, que não terá de ser obrigatoriamente na área do Centro de Saúde onde está inscrito”, informa o Município sertaginense.
O plano que está estabelecido prevê a existência em todo o país de 162 centros de vacinação rápida, que poderão inocular até 600 vacinas por dia.
A vacinação é hoje a arma mais eficaz contra a Covid-19. Os dados científicos mais recentes indicam que a vacinação de um dos elementos da família pode diminuir em mais de 30% o risco de infeção de Covid-19 em todo o agregado, lembra, explicando que “também o último relatório do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças anunciou que a reinfeção continua a ser um fenómeno raro, o que é um indicador extremamente positivo, sendo expectável que o número de infeções diminua conforme mais pessoas sejam vacinadas, conduzindo a uma diminuição da transmissão em geral”.
Deixando ainda mais alguns números, o Município da Sertã diz que a União Europeia estima ainda que até ao final do Verão será possível ter 70% dos adultos imunizados, isto é, com as duas doses da vacina tomadas.
“O caminho é ainda longo, mas é preciso ter confiança de que a vacinação já está a produzir resultados”, sustenta a edilidade, aconselhando as pessoas, em conjunto com a Comissão Municipal de Proteção Civil, a estarem atentas e a não perderem a oportunidade de se vacinar.

Artigos Relacionados

Partilhar: