TEMPO: ARS Centro emite alerta para tempo frio

E deixa medidas a adotar.

TEMPO: ARS Centro emite alerta para tempo frio

Perante a diminuição, observada e prevista, das temperaturas extremas (máxima e mínima), em especial no interior da região Centro, o Departamento de Saúde Pública da ARS Centro, através da coordenação regional do Plano de Saúde Sazonal Outono[1]Inverno 2021-2022 emitiu um alerta à população e emitir algumas medidas tendo em vista salvaguardar a saúde das pessoas.
Assim, em nota enviada à comunicação social, a ARS aconselha a população a manter o conforto térmico das habitações, assegurando o seu aquecimento e sem prejuízo de garantir o arejamento e ventilação necessários (abertura intermitente de janelas e portas em horas do dia mais favoráveis). É também aconselhada atenção para com as braseiras e fogareiros de carvão pois, além do risco de incêndio podem provocar intoxicações, potencialmente mortais, pelo monóxido de carbono, e a utilização de várias camadas de roupa, de preferência de tecidos naturais (algodão e lã). As pessoas devem manter os pés quentes e confortáveis, utilizando meias e calçado apropriado, tomar banho com água não muito quente e garanta que a temperatura do quarto de banho é confortável e reforçar a alimentação ingerindo bebidas e alimentos quentes, como sopas, chás ou leite. A atividade física deverá ser mantida mas evitando o exercício físico intenso ou extenuante.  
No que respeita à medicação, esta deve ser cumprida, garantindo igualmente a reserva de medicamentos para vários dias. “Assim evitará sair à rua nos dias mais frios. Em caso de dúvida, contacte o seu médico assistente ou o seu farmacêutico”, refere a ARS que alerta ainda para que as pessoas contactem com regularidade, os seus familiares ou amigos que vivem isolados, em especial se idosos ou acamados.
Na mesma nota chama-se a atenção para as quedas utilizando calçado antiderrapante e evite saídas em períodos de chuva ou geada. Caso as pessoas desenvolvam sinais ou sintomas de infeção (febre/arrepios de frio, dores musculares, tosse, falta de ar de início súbito ou agravada…) mantenham-se isoladas em casa e contactem a linha SNS 24 (808 24 24 24) para triagem e orientação.

Partilhar: