TEMPO: Proteção Civil emite alerta para chuva e ventos fortes

Nos próximos dias

TEMPO: Proteção Civil emite alerta para chuva e ventos fortes

Atendendo às previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera que apontam para a possibilidade de ocorrência de chuva, vento e agitação marítima fortes a partir de amanhã, a Proteção Civil veio alertar, em comunicado, para alguns cuidados adicionais devido a um alerta para chuva persistente, por vezes forte, em especial no norte e centro do país; ventos com rajadas que poderão atingir os 70 a 80 quilómetros/hora na faixa costeira; e agitação marítima intensa. Esta é uma situação que se prevê acontecer nos próximos dias.

De acordo com as recomendações da Proteção Civil, há cuidados adicionais a ter, como sendo:
• Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte;
• Ter especial cuidado na circulação junto a zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a fenómenos de transbordo dos cursos de água, evitando a circulação e permanência nestes locais;
• Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água nas vias;
• Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
• Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

A mesma autoridade recomenda ainda às entidades locais que garantam a "desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas". E que assegurem, também, uma "adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas".
Em causa estão recomendações que surgem pelo facto de ser esperada, nos próximos dias, a ocorrência de cenários de: cheias, potenciadas pelo transbordo do leito de alguns cursos de água, rios e ribeiras; inundações em zonas urbanas, causadas por acumulação de águas pluviais por obstrução dos sistemas de escoamento; e instabilidade de vertentes, que pode resultar em deslizamentos de terras e derrocadas motivados pela infiltração da água.
Na terça-feira, dez distritos do continente vão estar sob aviso amarelo devido à previsão de períodos de chuva por vezes forte, de acordo com as mais recentes previsões do IPMA. São eles Viseu, Santarém, Lisboa, Leiria, Coimbra, Porto, Vila Real, Viana do Castelo, Aveiro e Braga.
O IPMA emitiu também aviso amarelo para os distritos do Porto, Faro, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga por causa da agitação marítima.

Partilhar: