VILA DE REI: Município quer classificar as Conheiras

Município e IPT assinam protocolo.

VILA DE REI: Município quer classificar as Conheiras

As Conheiras de Vila de Rei poderão vir a ser classificada. É, pelo menos, esse o objectivo da proposta de protocolo de cooperação aprovada em reunião do executivo municipal de Vila de Rei. O documento será estabelecido com Instituto Politécnico de Tomar (IPT) e pretende criar condições para inserir este património num Plano Especial de Ordenamento do Território com vista à sua classificação como ‘Conjunto de Interesse Nacional ou Público’.
Como explica a câmara, a proposta de protocolo prevê que “o IPT prepare um relatório detalhado das atividades já desenvolvidas a nível do levantamento arqueológico, ambiental e geológico das Conheiras de Vila de Rei, para que a autarquia vilarregense possa preparar um dossier de candidatura das Conheiras à sua classificação como ‘Conjunto de Interesse Nacional ou Público’”.
O protocolo prevê ainda um quadro de cooperação institucional entre as duas entidades, como a possibilidade do IPT ministrar ciclos de estudos e ações de formação no concelho de Vila de Rei, divulgação da oferta de formação de Técnicos Superiores Profissionais (de Licenciatura e Mestrado) junto da comunidade escolar de Vila de Rei ou a cedência mútua de espaços para a realização de atividades de ensino e formação a desenvolver em Vila de Rei ou nas instalações do IPT.
Para Ricardo Aires, presidente do Município da câmara, “é urgente inserir as Conheiras num Plano Especial de Ordenamento do Território, garantindo que estas realidades arqueológicas possam ser adequadamente preservadas e conservadas. Contamos assim com a colaboração do IPT que, através das suas valências técnicas e científicas nas áreas da arqueologia, conservação e gestão do território, vai prestar um fulcral contributo para que possamos classificar as Conheiras de Vila de Rei como ‘Conjunto de Interesse Nacional ou Público’”. 

 

Partilhar: