VILA VELHA DE RÓDÃO: "Interdito a Cães e Italianos" nomeado para prémio

No European Film Awards. Filme de animação foi co-produzido no concelho

VILA VELHA DE RÓDÃO: "Interdito a Cães e Italianos" nomeado para prémio

O filme "Interdito a Cães e Italianos", co-produzido pela Ocidental Filmes, empresa sedeada no concelho de Vila Velha de Ródão, é um dos cinco filmes nomeados para os European Film Awards (Prémios do Cinema Europeu), na categoria de Longa-Metragem de Animação Europeia.
Como explica a Câmara de Ródão, em nota enviada à comunicação social, a 35.ª edição dos European Film Awards terá lugar a 10 de dezembro, em Reykjavik, na Islândia, e antes, a 3 de dezembro, o filme será também exibido na Casa de Artes e Cultura do Tejo, em Vila Velha de Ródão.
Realizado por Alain Ughetto, o filme de animação em stop-motion já recebeu dois prémios no Festival de Annecy 2022 – o Prix du Jury e o Prix Fondation GAN à la Diffusion – e foi o filme oficial de pré-abertura do Festival de Cinema de Locarno 2022.
"Interdito a Cães e Italianos" é uma co-produção internacional que envolveu nove co-produtores de cinco países: França, Itália, Suíça, Bélgica e Portugal. A Ocidental Filmes, além de participar nas equipas de animação e compositing, foi responsável pela montagem e misturas de som, realizadas nos seus estúdios em Gavião de Ródão.
A longa-metragem de animação segue o périplo de Luigi Ughetto, avô do realizador que deixa Ughettera, no norte da Itália, e atravessa os Alpes para procurar uma vida melhor em França, numa comovente história de família, aventura e emigração, que tem como pano de fundo a Itália na primeira metade do século XX.

Partilhar: