VILA VELHA DE RÓDÃO: Município homenageou quem morreu na Guerra

Nomes de dois ex-combatentes na Guerra do Ultramar foram atribuídos a ruas, no Fratel

VILA VELHA DE RÓDÃO: Município homenageou quem morreu na Guerra

O concelho de Vila Velha de Ródão perdeu, na Guerra do Ultramar, sete jovens que a câmara municipal tem vindo, ao longo dos anos, a homenagear. No passado sábado, dia 24 de setembro, essa homenagem teve continuidade com a atribuição dos nomes João Flores da Silva Ferreira e Ulisses Pereira Correia, a duas ruas da localidade de Fratel.
João Flores da Silva esteve integrado no exército, foi ferido em combate e faleceu em Catete, Angola. Quanto a Ulisses Pereira Correia, integrado no Corpo de Fuzileiros Especiais da Marinha, tombou na Guiné, como descreveu o comandante dos Fuzileiros especiais N.º 12 Capitão de Mar e Guerra, Francisco Fernandes, que na altura comandava aquela companhia:

A Marinha esteve representada nesta cerimónia pelo Vice-Almirante António Coelho Cândido, em representação do Chefe de Estado-Maior da Armada. Falou no orgulho que a Marinha tem nestes heróis que tombaram no campo de batalha ao serviço da pátria:

Foi também com um olhar para o futuro sem esquecer o passado, que Luís Pereira, presidente da Câmara Municipal de Vila velha de Ródão, se dirigiu aos presentes:

A atribuição destes dois nomes a ruas do concelho foi a forma encontrada pelo Município para deixar ao futuro, o nome de dois jovens que disseram presente para defender a pátria, mas que não regressaram a casa.

Partilhar: