VILA VELHA DE RÓDÃO: Município tem orçamento de 10,5 milhões para 2022

Existe um decréscimo face a 2021.

 VILA VELHA DE RÓDÃO: Município tem orçamento de 10,5 milhões para 2022

A Assembleia Municipal de Vila Velha de Ródão, reunida no passado dia 17 de dezembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, aprovou por maioria o orçamento da autarquia para o ano 2022, no valor de 10 milhões e 500 mil euros, facto que representa uma diminuição na ordem dos 9,17%, face ao orçamento do ano anterior, explica o Município de Ródão em nota enviada à comunicação social.
“Para esta diminuição contribuiu essencialmente a quebra da receita de capital ao nível da rúbrica Venda de Bens de Investimento, a qual registou uma diminuição de 69,50% em virtude da venda dos 18 fogos habitacionais da Quinta da Torre Velha concretizada no ano 2021, assim como a variação registada ao nível dos Impostos Indiretos, a qual registou um decréscimo na ordem dos 59,06%”, esclareceu o presidente do Município de Vila Velha de Ródão, Luís Pereira.
A câmara explica no mesmo documento que “o orçamento para 2022 apresenta assim uma receita corrente de 7.455.000€ e uma receita de capital de 2.995.000 €, enquanto a despesa corrente se situa nos 7.000.000 € e a despesa de capital é de 3.450.000 €. Verifica-se assim uma receita corrente superior à despesa corrente que, acrescida das amortizações médias dos empréstimos (7.362€), origina uma poupança corrente no valor de 447.638 €, garantindo dessa forma o equilíbrio orçamental e o rigor das contas públicas do município”.
De entre os principais investimentos previstos nas Grandes Opções do Plano, durante a apresentação do orçamento na Assembleia Municipal, o presidente da câmara destacou a requalificação da Escola EB 2,3 da sede de concelho, uma obra que representa um investimento plurianual de 902.377,29 €, e a requalificação e ampliação do Centro de Interpretação de Arte Rupestre do Vale do Tejo, um projeto que deverá ser concluído em 2022 e para o qual o orçamento reserva um montante de 609.500 €, de um investimento total de 811.764,42€, dos quais 493.125,68€ foram comparticipados em 85% pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.
Também inscrita no orçamento para 2022, com um valor de 130.000 €, encontra-se a requalificação ambiental da ribeira do Enxarrique, uma intervenção iniciada em outubro e que pretende valorizar o troço final deste curso de água, numa extensão aproximada de 1000 m, antes da confluência com o rio Tejo. Este é um projeto enquadrado num protocolo de colaboração assinado entre o Município de Vila Velha de Ródão e a Agência Portuguesa do Ambiente, no âmbito do Programa de Estabilização Económica e Social, através do Fundo Ambiental.
Destacam-se ainda os projetos previstos para as freguesias, como é o caso da requalificação do Largo do Barreiro, em Vale de Pousadas, uma intervenção inscrita no Plano Plurianual de Investimentos com o montante total de 280 mil euros, para o ano 2022, ou a Ligação Pedonal da Av.ª da Bela Vista-Cemitério, em Vila Velha de Ródão, que representará um investimento total na ordem dos 347 mil euros, a qual já se encontra em decurso, à qual se junta à obra de requalificação do Largo da Lagar das Burras, em Fratel, já iniciada em 2021 e que transitará para o orçamento de 2022, com um montante total inscrito de 80 mil euros. Propostos a votação, os documentos previsionais para o ano 2022 foram aprovados por maioria na última sessão do ano da Assembleia Municipal de Vila Velha de Ródão, com os votos a favor dos deputados dos PS e dois votos contra dos deputados da coligação Novo Rumo.

Partilhar: