VILA VELHA DE RÓDÃO: Oficina “Procurar o Jardim da Mãe-Sol” envolve crianças

Segunda edição de “Dias de Saber” chegou ao fim

VILA VELHA DE RÓDÃO: Oficina “Procurar o Jardim da Mãe-Sol” envolve crianças

A segunda edição da iniciativa “Dias de Saber”, promovida pela Biblioteca Municipal José Baptista Martins (BMJBM), em Vila Velha de Ródão, chegou ao fim no início de julho com a realização da oficina “Procurar o Jardim da Mãe-Sol”, destinada a crianças entre os 3 e os 5 anos.
De acordo com a autarquia de Ródão, o projeto parte do princípio de que o envolvimento de toda a comunidade é fundamental para educar uma criança e procurou, ao longo do primeiro semestre de 2021, criar possibilidades de pensar e viver a natureza e a expressão verbal e artística no Jardim de Infância do Porto do Tejo.
Assim, as crianças plantaram um pomar no espaço exterior do Jardim de Infância, participaram numa residência artística, “Diálogos para amar livros, lobos, pássaros, árvores e silêncio – Livro Solar”, conduzida por Marina Palácio, e assistiram a dois espetáculos, pela Andante - Associação Artística, promotores da ligação à expressão artística, ao texto poético e à natureza, em idades precoces.
O projeto terminou com uma intervenção criada e dinamizada pela BMJBM em torno de alguns textos de Maria Gabriela Llansol, a que se chamou “Procurar o Jardim da Mãe-Sol”. O lema de toda esta edição foi, aliás, a frase desta escritora portuguesa “Sempre que sei, não escondo” e foi isso que todos (adultos e crianças) partilharam o que sabiam e aprenderam a procurar o que não sabiam.
Dado o sucesso de mais esta edição dos “Dias de Saber”, a equipa da BMJBM está já a preparar e a imaginar novas formas de dar continuidade a este modelo colaborativo numa terceira edição e “cumprir a sua missão de servir, envolver e cuidar todos os membros da comunidade rodense”, lê-se na nota da autarquia.

Partilhar: