VILA VELHA DE RÓDÃO: Teatro promove integração escolar das crianças

Dois espetáculos fizeram as delícias dos mais novos.

VILA VELHA DE RÓDÃO: Teatro promove integração escolar das crianças

O Município de Vila Velha de Ródão, através da Biblioteca Municipal José Baptista Martins (BMJBM), promoveu dois espetáculos de teatro destinados aos mais novos e encenados pela Andante Associação Artística. A iniciativa, inserida no âmbito do projeto Dias de Saber, procurou facilitar a transição e contribuir para uma melhor integração das crianças que no próximo ano letivo vão frequentar um novo estabelecimento escolar, refere a câmara em nota enviada à comunicação social.
Durante a manhã, o espetáculo “Afinal… O Caracol” juntou na Casa de Artes e Cultura do Tejo as crianças mais velhas da Creche da Santa Casa da Misericórdia e as mais novas (3 e 4 anos) do Jardim-de-Infância do Porto do Tejo (JIPT), que no próximo ano estarão juntas a frequentar a educação pré-escolar no JIPT.
Com encenação, pesquisa e sonoplastia de Fernando Ladeira, ilustrações, figurino e espaço cénico de Mafalda Milhões e música de Joaquim Coelho, o espetáculo trouxe-nos uma interpretação alegre e irreverente de um poema de Fernando Pessoa pela atriz Cristina Paiva, que terminou com um belo vira dançado por todos.
Após este momento, os alunos da Creche da Santa Casa da Misericórdia de Vila Velha de Ródão foram conhecer o novo espaço que vão frequentar nos próximos anos, o JIPT, onde puderam almoçar e conviver com os futuros colegas, que os receberam com entusiasmo e alegria.
De tarde, foi a vez das crianças mais velhas do JIPT (5 anos) e dos alunos do 1, º ciclo do Agrupamento de Escolas de Vila Velha de Ródão se reunirem na Casa de Artes e Cultura do Tejo, onde se puderam conhecer e conviver e assistir ao concerto de poesia para crianças “Andante (Desconcertante)”.
Partindo de questões como “E se uma ida ao teatro nos transformasse em músicos de uma orquestra?” ou “E se uma ida ao teatro fosse pura poesia?”, a proposta da Andante Associação Artística pretendeu gerar mudanças de perceção e ação, por alargamento de possibilidades, junto das nossas crianças, objetivo plenamente alcançado a julgar pelo entusiasmo com que interagiram e participaram em todos os desafios que lhes foram lançados a partir do palco, lê-se na nota da autarquia.

Partilhar: